Rede Feminina adere a campanha “One Billion Rising”

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Santa Bárbara d’Oeste gravou, na última sexta-feira, um vídeo aderindo à “One Billion Rising Revolution”, campanha internacional que desafia as pessoas do mundo inteiro a manifestarem-se pela eliminação da violência contra as mulheres. A iniciativa foi realizada na Praça Central com a participação de mulheres em um momento de música e com coreografia dançada. As participantes vestiram-se de lilás, rosa e branco. Academias também aderiram ao movimento. O dia do combate à violência contra as mulheres é lembrado nesta terça-feira, 14 de fevereiro. No Brasil, mobilizações também vem sendo organizadas pelas redes sociais. A campanha é promovida pela V-day, organização que mobiliza homens e mulheres em todo o mundo para que levantem suas vozes pelo fim da violência contra mulheres e meninas. A campanha decorre durante toda a semana de 9 a 15 de fevereiro, em que se prevê que um bilhão de pessoas de todo o mundo se levante para dançar e mostrar a força da solidariedade coletiva contra a violência. “Levantamo-nos para mostrar que estamos determinados a criar um novo tipo de consciência - onde a violência será resistida até que seja impensável”, afirma a campanha. A campanha destaca que uma em cada três mulheres em todo o planeta será espancada ou estuprada durante sua vida. Isso é um bilhão de mulheres e meninas. “Todo mês de fevereiro, levantamos - em centenas de países ao redor do mundo - para mostrar às nossas comunidades locais e ao mundo o que um bilhão parece e brilhar uma luz sobre a impunidade desenfreada e injustiça que os sobreviventes mais frequentemente enfrentam”. O movimento teve inicio em 1998 quando uma instituição de caridade sem fins lucrativos, "V-Day", foi constituída com o objetivo de usar apresentações de uma peça para arrecadar dinheiro para beneficiar mulheres vítimas de violência e abuso sexual. Para ver as danças pelo mundo, basta acessar o link: www.onebillionrising.org/.