SB completa um mês sem chuvas e frente fria já se aproxima

Santa Bárbara d’Oeste completou um mês sem chuvas. A última precipitação registrada na cidade aconteceu em 21 de agosto. De acordo com a estimativa do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), há previsão de chuvas para os próximos dias. 

Segundo informações do DAE (Departamento de Água e Esgoto de Santa Bárbara d’Oeste), esta época do ano costuma registrar períodos longos de seca. “Junho, julho, agosto e setembro costumam ser os meses mais secos do ano. Somente em outubro existe maior possibilidade de chuva”, explicou.

Ainda sem índices de chuva no mês de setembro, o mês de agosto registrou 42,80 milímetros de chuva. Em julho também não houve precipitação e em junho choveu 24,00 mm. O mês de maio foi chuvoso com 153,70 mm e em abril 103, 90 mm. Março teve um total de 125,10 mm e fevereiro 98, 20 mm. O mês de janeiro foi o mais chuvoso do ano com total 225,00 milímetros. 

A autarquia reforça a conscientização do uso de água durante o período. Evitar desperdícios e reutilizar a água em certas ocasiões pode favorecer ao bolso do consumidor e ao meio ambiente. “Reduzir a lavagem diária de roupa; a água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças; a água do tanque ou da máquina também serve para lavar calçadas e pisos”, disse.  O DAE ainda alerta que “lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para varrer a sujeira, basta usar a vassoura”, disse.

A cidade possui uma reserva de água acima do consumo diário, devido aos reservatórios próprios, que são Areia Branca, São Luiz e de Cillo. O nível segue normal nas represas com abastecimento total, sendo apenas a represa São Luiz com nível em 90%. “Isso não significa, porém, que a população possa abusar do consumo. A preservação do meio ambiente é fundamental para o futuro de todos os cidadãos”, disse. 

Segundo o Cepagri, haverá o predomínio de sol com ligeiro aumento de nuvens hoje e, toda região. No domingo, devido à passagem de uma frente fria, haverá o aumento de nuvens com possíveis pancadas localizadas. Na segunda-feira, continuam as chances de pancadas localizadas de chuvas, na região. Continuam altos os riscos de focos de fogo.

Em todo o estado a intensa massa de ar seco começa a perder força e ocorre a formação de nuvens localizadas e aumentam a chances de pancadas de chuva isoladas no norte e noroeste estado. Amanhã, com passagem de uma frente fria pelo Oceano, a nebulosidade aumentará com possíveis pancadas localizadas e rápidas também no leste e sul. No domingo, aumentam as chances de pancadas localizadas e rápidas nas demais áreas do estado. De forma geral, são esperadas chuvas de pouco volume e de forma bem isolada. A partir do dia 29/09, são esperadas chuvas mais generalizadas, no estado.