SB tem saldo positivo de emprego no ano

SB tem saldo negativo de 497 vagas de emprego em novembro

Santa Bárbara d´Oeste registrou saldo negativo de 497 vagas de  emprego formal em novembro. O resultado é decorrente de 1.415 contratações e 1.912 demissões.  No acumulado do ano, o saldo é positivo em 957 postos de trabalho. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado ontem, dia 19 de dezembro, pela Secretaria  Especial de  Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. 

O setor de Agropecuária s puxou as demissões em novembro, com a eliminação de 189 vagas; seguido de Serviços (-145); Comércio (-72); Indústria de Transformação (-46); Construção Civil (-31);  Administração Pública (-13); e Serviço Industrial de Utilidade Pública (-1). Nenhum setor foi destaque positivo. 

De janeiro a  novembro, o município tem saldo de 957 vagas de emprego.  O setor com melhor desempenho é o Comércio com a abertura de 512 postos de trabalho. Na segunda posição está Indústria de Transformação (309); seguido de Agropecuária (69); Serviços (61); Construção Civil (39); Serviço Industrial de Utilidade Pública (38) e Extrativa Mineral (02). O único setor com eliminação de vagas foi a Administração Pública (-73).  

Na comparação com novembro  do ano passado, o resultado do município é pior, pois no mesmo período do ano passado a expansão foi de 87 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o saldo é de 436 vagas. 

Na microrregião o saldo de empregos em novembro é de 261 postos de trabalho. A cidade com melhor desempenho é Americana (115); seguida de Hortolândia (97) e Sumaré (04).  Santa Bárbara e Nova Odessa registraram resultado negativo. 

Estado 

Pelo oitavo mês consecutivo, o Brasil tem saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Dados do Caged de novembro mostram o saldo positivo de 99.232 vagas de trabalho, resultado de 1.291.837 admissões e 1.192.605 desligamentos no período. No acumulado do ano, foram criados 948.344 empregos com carteira assinada.

O Caged ainda traz um estoque total de empregos de 39,3 milhões, superior aos 38,7 milhões registrados em novembro de 2018. Outro destaque é a modalidade de trabalho intermitente, que teve mais de 11 mil contratações no mês.