PM divulga dados em audiência pública da ACISB

Dados foram referentes ao trimestre de outubro, novembro e dezembro

O 19º Batalhão de Polícia Militar de Americana, por meio da 2ª Companhia de Polícia Militar de Santa Bárbara d'Oeste promoveu, na tarde de ontem, a Audiência Pública para prestação de contas à população. Os dados foram referentes ao trimestre de outubro, novembro e dezembro. 

Na ocasião, foram apresentados números da segurança na cidade, esclarecendo dúvidas e ouvindo as solicitações dos cidadãos que compareceram na audiência.O evento foi realizado na ACISB (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d´Oeste).

O objetivo é divulgar a transparência do serviço que foi prestado com a comunidade. “A excelência do trabalho executado na cidade se dá pela parceria firmada entre as autoridades, a Guarda Civil Municipal e o apoio da população”, disse o capitão da 2ª Cia, Renan Alcântara dos Santos.

Segundo o capitão, a audiência é uma oportunidade para que o cidadão possa comparecer e verificar os índices e verificar também a forma como a Polícia Militar está prestando os seus serviços. “Com essa proximidade conseguimos a confiabilidade e com essa parceria, conseguimos resultados positivos para a cidade”, disse o comandante tenente coronel Luiz Horácio Raposo Borges de Moraes.

Entre os dados divulgados estão os furtos de veículos que no último trimestre foram 139 e em 2018 foram 162, totalizando uma redução de 14,2%. Outros furtos também teve uma queda de 7,2%. No trimestre foram 384 e em 2018, no mesmo período, foram 414.

Roubo de veículos totalizou no último trimestre 21 registros e em 2018 foram 29. Outros roubos teve um aumento de 46%. Em 2018 foram 74 registros e em 2019 foram 106 no trimestre. Segundo o capitão, roubos de celulares dominam os índices.

Na produtividade, os índices amentaram na apreensão de armas, 5 no trimestre de 2018 e 11 armas e 12 simulacros em 2019. Abordagem de pessoas diminuiu, sendo 12.198 em 2018 e 10.928 no último trimestre de 2019. Em veículos abordados também houve redução, sendo 5.123 em 2019 e 6.739 em 2018. No último trimestre de 2019 foi registrado um homicídio e em 2018 também.  

O capitão também destacou a parceria com a Guarda Civil e agradeceu o apoio da ACISB que disponibiliza o espaço para as audiências públicas, assim como a Câmara Municipal que disponibiliza para as reuniões do Conseg. Participaram da audiência, comerciantes, autoridades do legislativo e população em geral.