BAEP é inaugurado em Piracicaba e atenderá a região

Batalhão de Ações Especiais atenderá 52 cidades

O Governador João Doria e o Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, inauguraram ontem o Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) com sede em Piracicaba, que vai atender 52 cidades da região (inclusive Santa Bárbara ) e segue o padrão do policiamento de Choque e da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). É o sexto grupamento de elite da PM entregue pela atual gestão estadual em 2019.

“A melhor polícia militar do Brasil é a Polícia Militar do estado de São Paulo. Historicamente a mais preparada e bem treinada. Uma conquista que não é deste governo, e sim dos últimos 50 anos da PM de São Paulo”, disse Doria. “Até o final do nosso mandato, nós teremos 17 Baeps atendendo a todas o interior, regiões metropolitanas e litoral. Nosso governo cumpre o dever e o compromisso assumido com a população de São Paulo”, acrescentou.

Anunciado em agosto deste ano, o novo Baep passa a funcionar em um prédio alugado pelo Estado, por um valor mensal de R$ 18 mil. Para receber a unidade, o imóvel, que possui um terreno de 10 mil m² e 1,3 mil m² de área construída, passou por adequações custeadas pelo proprietário.

O local conta com salas para reuniões, almoxarifado e armazenamento de equipamentos, cinco alojamentos com banheiros, um vestiário, salas de aula, de musculação e administrativas, cozinha, banheiros externos, pátio interno e amplo estacionamento.

Com um efetivo que ultrapassa 200 policiais e 30 viaturas, o Baep de Piracicaba contará com três grupos de canil, distribuídos entre a cidade-sede e os municípios de Rio Claro e Sumaré. A inauguração eleva para 11 o número de Baeps em funcionamento no estado.

Treinamento de ponta

A equipe que compõe o Baep de Piracicaba iniciou o treinamento em novembro deste ano, com término no último dia 13, sob coordenação e aplicação do Comando de Policiamento de Choque.

Foram aplicadas disciplinas específicas do treinamento da Rota, 2º Batalhão de Choque, 3º Batalhão de Choque, COE (Comandos e Operações Especiais) e Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais).

Os policiais do Baep estão aptos para patrulhamento tático; gerenciamento de crises e negociações com reféns; busca e localização de artefatos explosivos; conduta de patrulha em locais de risco; controle de multidões; e policiamento em eventos e praças desportivas.